Saiu o Delphi “Completo” Gratuito!!!

Até que enfim a Embarcadero seguiu a tendencia mundial e lançou sua versão “gratuita” do Delphi com todas as suas ferramentas mais necessárias para um desenvolvimento real. O Delphi gratuito* se chama Delphi Community Edition!

 

O que é Delphi Community Edition?

O Delphi Community Edition tem como objetivo fazer com que as pessoas comecem com o Delphi, isso é, para estar começando como um aluno para apreender programação em geral ou para iniciar sua start-up e escrever o software para sua empresa iniciante sem precisar fazer grandes investimentos em licença.

 

É de graça mesmo?

Continue lendo “Saiu o Delphi “Completo” Gratuito!!!”

23anosdelphi

23 anos de Delphi – Delphi Morreu?

Em 1995 surgia uma IDE que revolucionou a forma de criar softwares, o Delphi, em uma época que as linguagens de programação existentes proporcionavam uma forma de programar que dava bastante trabalho e não eram (tão) intuitivas.

14 de fevereiro de 2018, essa IDE faz seu 23º aniversário e muitos pontos são importantes para dizer, o Delphi não MORREU!

Vamos relembrar:

Porque se destacou?

A IDE se destacou pela facilidade de codificação e compilação e também por possuir acesso a diversos tipos de bancos de dados, o que hoje não parece ser grandes coisas, mas para aquele tempo era inovador.

Veja como era o COBOL(uma das linguagens da época)

Vídeo aula encontrada no youtube que ensina a programação em COBOL:

Veja o Delphi

Continue lendo “23 anos de Delphi – Delphi Morreu?”

Apresentação

Apresentação Intensive Delphi 2017 – Como começar minha StartUp com Delphi

No dia 28/12/2017 realizei minha apresentação Intensive Delphi 2017.

Foi uma honra participar do Intensive Delphi 2017, agradeço os organizadores e todos que tiraram um tempinho pra ver minha apresentação, pra quem não viu e gostaria de ver, segue abaixo:

Minha Apresentação – Como começar minha Startup com Delphi

A apresentação consiste em apresentar princípios que norteiam uma startup e a utilização do Delphi como uma ferramenta muito produtiva, fácil de começar a usar e que já irá criar o MVP para seu negócio rapidamente.

Se inscreva no canal e saiba em primeira mão quando vídeos novos forem publicados.

Grande abraço!

Preenchendo ListView em tempo de Execução

O Listview é um componente muito usado para exibição de informações no Firemonkey tanto quanto o dbgrid/grid é usado na VCL. Existem duas formas de popular um listview quando estamos desenvolvimento nosso app, são elas:

  • LiveBindings
  • Via código

Preparando o ambiente

Para o exemplo usaremos banco firebird, usaremos a base de dados de exemplo EMPLOYEE.FDB, que está localizada na pasta

Firebird 2.1

C:\Program Files (x86)\Firebird\Firebird_2_1\examples\empbuild\

Firebird 2.1 

C:\Program Files (x86)\Firebird\Firebird_2_5\examples\empbuild\

Firebird 3.0 

C:\Program Files (x86)\Firebird\Firebird_3_0\examples\empbuild\

Se a instalação realizada foi feita padrão.

Colocaremos um FDConnection e um FDTable para acessar a tabela COUNTRY.

Usando Livebindings

O que é o Livebindings

Continue lendo “Preenchendo ListView em tempo de Execução”

tortoisesvn

Curso Controle de Versão com Tortoise SVN

O que é o TortoiseSVN?

TortoiseSVN é um cliente Apache ™ Subversion (SVN) ®.

TortoiseSVN é um software de controle de versão de arquivos que é implementado como uma extensão de shell do Windows, isto é, ao instalado ele passará a exibir propriedade sobre o controle de versão de arquivos quando clicarmos com botão direito em pastas e arquivos, ele é bem intuitivo e fácil de usar, não exige que você utilize prompt de comando para o executar os comandos do Subversion e é de uso gratuito, mesmo em um ambiente comercial. Apreenda sobre essa simples ferramenta que fará toda a diferença na gestão de projetos!

Aula introdutória

O que serei capaz de fazer depois deste curso?

  • Controlar a versão dos arquivos de um projeto com o Tortoise SVN
  • Participar de projetos Open Source
  • Participar de projetos com colegas geograficamente distantes
  • Controlar seus projetos usando os conceitos de Trunk, Branch e Tag

Qual é o público-alvo?

  • Pessoas com necessidade de controlar versões de projetos
  • Desenvolvedores de softwares, websites, apps e conteúdos em geral

Quais são os requisitos para fazer o curso?

  • Conhecimentos na manipulação de pastas e arquivos do Windows
  • Um computador com internet e Windows instalado

O Curso

Esse curso lhe dará o conhecimento necessário para você aprender sobre controle de versões utilizando o Tortoise SVN através de aulas rápidas, didáticas e fáceis.

O que está esperando? Cadastre-se agora mesmo no curso e conheça as diversas funcionalidades dessas ferramentas importantíssimas no desenvolvimento de software!

Quero fazer o curso

Instalando duas instâncias do Firebird na mesma máquina

Instalando duas instâncias do Firebird na mesma máquina

Constantemente necessitamos de instalar duas versões do Firebird na mesma máquina, seja por que queremos fazer testes, seja por que já existia uma aplicação que usava um Firebird de versão diferente da sua aplicação e por isso é necessário instalar em outra porta a sua versão do Firebird. Quando trabalhamos com versões diferentes de Firebird na mesma máquina devemos tomar alguns cuidados.

Cuidados com uso de duas versões do Firebird

  • Alguém pode, por descuido, fazer um backup e um restore do banco de dados do sistema legado(que utiliza uma versão antiga do Firebird) e converter, por descuido, ao fazer o restore, automaticamente para a versão mais nova. Isto pode fazer com que o aplicativo legado não consiga mais interagir com seu banco de dados.
  • O software legado pode conter um sistema de checagem de versão do Firebird no qual pode bloquear qualquer tentativa de executá-lo em uma versão na qual ele não está apto a trabalhar, se reconhecer a versão errada ou se não houver uma forma de configurar qual porta o Firebird está rodando.
  • O proprietário do software que utiliza a outra versão do Firebird pode alegar que seu software “está dando pau” no software dele por não rodar dentro das especificações corretas para funcionar o software dele.
  • Um requisito muito importante para esta técnica é que todas as versões do Firebird devem ser instaladas como serviço. Nunca devem estar como aplicação.

 

Passos para realização do instalação

É recomendável desinstalar todas as versões e fazer corretamente os passos a seguir, nesse exemplo usaremos como base o Firebird 1.5 e Firebird 2.5.

Continue lendo “Instalando duas instâncias do Firebird na mesma máquina”

Apresentação

Intensive Delphi 2017

Intensive Delphi 2017 é o maior evento da comunidade Delphi on-line do país que está de volta depois da sua estréia em 2016 com muito sucesso. Esse ano terei a honra de ser um dos palestrantes e espero dar meu melhor para você.

Quando surgiu o evento

O evento surgiu em 2016 pelo MVP Thulio Bittencourt onde ele lançou uma ideia bem legal de reunir vários nomes da comunidade Delphi em um evento que gratuito e acessível para qualquer pessoa no território mundial. Rapidamente o evento Intensive Delphi caiu no gosto dos da comunidade e foi um sucesso. Três dias de palestras de altíssimo nível ministradas por diversos profissionais da área de desenvolvimento de software.

Como funciona o evento

O Evento se inicia na quarta-feira dia 20 de dezembro de 2017 as 08:00h da manhã e vai até as 22:00h, com transmissão ao vivo no canal do evento, as 00:00h iniciará os replays das melhores palestras dia. Durante todo o dia serão diversos vídeos que reunirão os melhores vídeos dos mais diversos canais de Delphi do Brasil, além de vídeos exclusivos que os palestrantes estão preparando para o evento.

Continue lendo “Intensive Delphi 2017”

Padroes_de_projetos

23 Padrões de Projetos de Software para resolver seus problemas

 

PADRÕES DE PROJETOS GoF

Olá, padrões de projeto ajudam o desenvolvedor a resolver problemas no meu caso criei uma colinha pra sempre que tiver um “problema” recorrer a ele para relembrar quem pode me ajudar. Segue abaixo:

O que são Padrões de Projetos?

São procedimentos/códigos que foram padronizados para resolver problemas que são comuns em vários projetos.

GoF = Gang of Four

Erich Gamma, Richard Helm, Ralph Johnson e John Vlissides integrantes da “Gangue dos Quatro” (Gang of Four) publicaram em 1995 o livro Design Patterns: Elements of Reusable Object-Oriented Software.

 

Padrões Criacionais: Gerenciam a criação de instâncias de objetos. Todos os padrões fornecem alguma maneira de desconectar o cliente dos objetos a partir dos quais serão geradas instâncias;

  • Singleton
  • Abstract Factory
  • Builder
  • Prototype
  • Factory Method

 

Padrões Estruturais: permitem que você organize classes ou objetos em estruturas maiores;

  • Decorator
  • Proxy
  • FlyWeight
  • Facade
  • Composite
  • Bridge
  • Adapter

 

Padrões Comportamentais: preocupam-se com a forma como as classes e objetos interagem e com a distribuição de responsabilidades.

  • Template Method
  • Visitor
  • Command
  • Strategy
  • Chair of Responsability
  • Iterator
  • Mediator
  • Memento
  • Interpreter
  • State
  • Observer

Continue lendo “23 Padrões de Projetos de Software para resolver seus problemas”

Paramentros

Criando parâmetros para o sistema usando Padrão Singleton e Iterator

 

Muitas vezes precisamos criar parâmetros para o sistema e devido no início do desenvolvimento do sistema esses parâmetros serem poucos, cometemos algumas “gafes”, se assim posso dizer, ao criar esses parâmetros. Veja como podemos resolver usando padrões de projetos Singleton e Iterator.

O Cenário

O sistema possui uma tabela que armazena os dados do que o usuário pode ou não fazer no sistema e todo ponto onde existe uma opção parametrizável para funcionamento é necessário acessar essa tabela no banco para verificar se pode ou não fazer determinada operação.

O Problema

A tabela passou a ter mais de 400 campos, pois cada campo é um parâmetro, chegando ao ponto de ter que ser criado uma nova tabela para criação de novos parâmetros e essa tabela toda vez que fosse acessada, havia uma lentidão(as vezes quase imperceptível, mas existia). Sem falar no fato que acessar o banco toda vez para checar um parâmetro que não irá mudar durante a execução do sistema é uma operação desnecessária.

A Solução

Criar uma classe de parâmetros usando o padrão singleton e na primeira vez que fosse executada armazenasse todos os parâmetros(a lentidão existiria somente no primeiro acesso a classe)  executando o padrão iterator para criar e gerenciar a lista dos parâmetros, assim as próximas vezes que fosse necessário verificar se é permitido realizar alguma operação, que é parametrizada, não acessaria o banco de dados e o retorno seria muito mais rápido.

O Código

Foi criado um exemplo para testar a teoria antes de implementar no sistema, nele temos um exemplo de adicionar parâmetros no código do botão:

Continue lendo “Criando parâmetros para o sistema usando Padrão Singleton e Iterator”

Porquê da existência desse blog!

hello photo

Bem-vindo!

Esse é o seu primeiro post do blog e convém explicar o porquê de sua existência.

Objetivo do blog

O objetivo desse blog e difundir o conhecimento a medida que as situações “problema” surgem no meu dia a dia e são resolvidas, as resoluções serão divulgadas aqui e disponibilizadas para quem quiser.

Quem sou

Eu sou Franco Cazelli, proprietário de uma software house, professor universitário e possuo uma ideologia que para realmente apreender algo você deve ensine para outra pessoa e só assim possuirá o conhecimento, esse é o objetivo desse blog.

Então, aproveite e contribua, sua participação será bem vinda!

até a próxima!